Eu quero um samba

by Beto Caletti

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $7 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.

credits

released January 10, 1997

-----------------------------------------------------------------
Featuring:

Esteban Martínez Prieto
Marcelo Rapadura
Renato dos Santos
Pablo Rodriguez
Bebe Ferreyra
Juan Cruz Urquiza

Arrangements & production: Beto Caletti

www.betocaletti.com ---- www.facebook.com/betocaletti

tags

license

all rights reserved

about

Beto Caletti Buenos Aires, Argentina

Beto Caletti es un músico argentino dedicado a la canción latinoamericana, se presentó en escenarios de Argentina, Brasil, México, Canadá, España, Suiza, Uruguay, Inglaterra, Bélgica, Colombia, Italia, Cuba y Japón. Editó dos libros, ocho discos y un DVD con ediciones en Argentina, México y Japón. ... more

contact / help

Contact Beto Caletti

Streaming and
Download help

Track Name: Eu quero um samba (H. Barbosa - J. de Almeida)
Eu quero um samba feito só pra mim
Me acabar, me virar, me espalhar
Eu quero a melodía feita assim
Quero sambar, quero sambar
Quero sambar porque no samba
Eu sei que vou me acabar
Me virar, me espalhar
A noite inteira até o sol raiar

Ai,quando o samba acaba
Eu fico triste então
Vai melancolia, eu quero alegria
Dentro do meu coração
Track Name: Me diga (Beto Caletti)
Todo esse sonho calado
Chorado nas cordas do meu violão
Para benzer os teus olhos
Que eu guardo no fundo
Do meu coraçâo, meu bem

Quero esse beijo molhado
Na boca de chuva com cheiro de mar
Olha pro céu estrelado
Me diga cadê, que eu te quero encontrar

Navega feito nega
Chega perto, vem dançar comigo
Beleza presa à natureza, tudo mais
Feitiço,o teu sorriso
É o paraiso que me aconchega
Morada rara, iluminada, do meu som

Vejo esse azul no teu jeito
De lua bonita tão cheia de paz
E o meu amor endoidece
Se mexe nas ondas
Procura o teu cais, meu cais
Track Name: Dom de iludir (Caetano veloso)
Não me venha falar
Na malícia de toda mulher
Cada um sabe a dor
E a delícia de ser o que é
Não me olhe como se a polícia
Andasse atrás de mim
Cale a boca e não cale na boca
Notícia ruím

Você sabe explicar,
Você sabe entender tudo bem
Você está, você é
Você faz, você quer, você tem
Você diz a verdade
A verdade é seu dom de iludir
Como pode querer
Que a mulher vá viver sem mentir
Track Name: Romance (Djavan)
Fruta de conde
Sua casca é um romance
Muito boinha você, viu?
Laranjinha doce, dulcíssima...
Pitomba jura amargura no caroço
Goiaba quase de vez
Mamoeiro dá um leite que fel
Pitanga do céu
Amor de maçã, debaixo do frio

Por dentro do mato, fruto do ato
Ligado a resina de cajá
Manga espada inchada
Eu sou do mato brinquei com maturi
Vou ficando por aqui
Nas costas da madrugada.
Por dentro do mato.....
Meu bem me abraça
E a lua quer me dizer: Te amo
Track Name: Magia (Beto Caletti)
Como se-abrindo caminho
Corrente do rio brotando
Explodindo no mar
O amor que cresce em mim
Não posso explicar
Gota de chuva sobre o capim
Fio de prata,branco luar
Filho da sedução
Do calor da emoção sem fim
Paixão que se irradia, me acorda, fascina
Me perco na magia, infinda fonte de ilusão

Até sorrir,até chorar me leve
Num sonho para iludir a Escuridão
Pra renascer, me rebelar, o dia
Me da o seu cheiro de maçã
Pra me cegar, endoidecer, me pega, apanha
Arrebentando um carnaval
Pra se espalhar num fogo a te queimar
Track Name: Clareza (Beto Caletti)
Quem te deu o brilho no olhar
A paz do amor infindo
Quem te pintou da cor do mar
Te fez tão leve assim, serena e branca
Quem me deixou voar teu céu
Pra encontrar enfim o azul profundo
Me iluminou teu dom de ser
Tão clara como a luz, singela e forte

Teu coração é flor cheirando a pureza
Mãe do teu sorriso
Será que deus te deu a graça
De morar num sonho, de mudar o tempo
Track Name: Quem te viu, quem te vê (Chico Buarque)
Você era a mais bonita
Das cabrochas dessa ala
Você era a favorita
Onde eu era o mestre-sala
Hoje a gente nem se fala
Mas a festa continua
Suas noites são de gala
Nosso samba ainda é na rua

Quando o samba começava
Você era a mais brilhante
E se a gente se cansava
Você só seguia adiante
Hoje a gente anda distante
Do calor do seu gingado
Você só dá chá dançante
Onde eu não sou convidado

Hoje o samba saiu, la ia la ia, procurando você
Quem te viu, quem te vê
Quem não a conhece não pode mais ver pra crer
Quem jamais a esquece não pode reconhecer

O meu samba se marcava
Na cadencia dos seus passos
O meu sono se embalava
No carinho dos seus braços
Hoje de teimoso eu passo
Bem em frente ao seu portão
Pra lembrar que sobra espaço
No barraco e no cordão

Todo ano eu lhe fazia
Uma cabrocha de alta classe
De dourado lhe vestia
Pra que o povo admirasse
Eu não sei bem com certeza
Porque foi que um belo dia
Quem bricava de princesa
Acostumou na fantasia

Hoje eu vou sambar na pista
Você vai de galeria
Quero que você assista
Na mais fina companhia
Se você sentir saudade
Por favor não dê na vista
Bate palma com vontade
Faz de conta que é turista
Track Name: Noturnal (Beto Caletti)
Vou me perdendo na noite
Feito a sombra do silencio da cidade
Me entregando à escuridão
Procurando algum sinal

Vadiando na calmaria
Num sorriso noturnal brilha o seu lume
Bússola, branco clarão
Sobre minha solidão

Lua cheia do seu nome, mãe da cor
Me leva um desejo
Vem matar essa saudade, dentro de mim
Adormece no meu peito aquela dor

Abre a noite o seu fascínio
Na quietude mora o sonho da folía
Num invisivel cordão
Da silente procissão

Se perdeu o meu caminho
Na miragem do infindo luar
São Jorge mata ao dragão
Que roubou minha ilusão